Faça dinheiro sem esforço

terça-feira, 6 de Novembro de 2007

Números especiais - parte 1

Números especiais são números que pelas suas propriedades aritméticas suscitaram ou suscitam interesse.
Números primos são os que não podem dividir-se por nenhum outro número para além deles próprios e do 1. Exemplos: 3, 5, 7, 11, 13, 17, 19 ...
Números "perfeitos" são os que são iguais à soma das suas "partes alíquotas" - isto é, aquelas pelas quais se dividem.
Assim, 6, cujas partes alíquotas são 1, 2 e 3, é um número perfeito, uma vez que 1 + 2 + 3 = 6.
Outro exemplo: 28 = 1 + 2 + 4 + 7 + 14.
in SARDAR, Ziauddin et al, Matemática para principiantes, Publicações Dom Quixote, 1ª edição, 2000

3 comentários:

Susana disse...

Não percebi muito bem a definição do que são números especiais.
Agradecia que colocassem uma definição mais simples.

Obrigada!!

Anónimo disse...

Muito bom, também gostei muito, a, i a definição está ótima!!
Valeu!!!

Anónimo disse...

Eu gostei muito acho que esta muito bem explicado ajudaram me a tirar um cinco a matematica obrigada