Faça dinheiro sem esforço

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Casa Álvaro de Campos


Em 2009, a Casa Fernando Pessoa transformar-se-á na Casa Álvaro de Campos (de Janeiro a Abril), na Casa Alberto Caeiro (de Maio a Agosto) e na Casa Ricardo Reis (de Setembro a Dezembro). Homenagearemos cada um destes heterónimos de Fernando Pessoa com uma série de exposições e eventos em torno das suas obras e personalidades. «Os heterónimos eram obviamente ficções, mas as nossas vidas, amores e afazeres também o são, em última análise e até sem análise, quando defrontam o grande nivelador que é a morte», escreveu Richard Zenith, em prefácio à «Poesia dos Outros Eus» de Fernando Pessoa (edição Assírio & Alvim). Propomo-nos dar corpo a estas ficções mais amplas do que qualquer existência.


Assim, inauguraremos no dia 15 de Janeiro, às 18h30, «Lisboa Revisitada», uma exposição de fotografias de Jorge Colombo em torno do universo de Álvaro de Campos, nascida do desafio feito pela Casa Fernando Pessoa. Seguindo a «Ode Triunfal» como guião inicial, e deixando-se depois contaminar pelo espírito de «estrangeiro aqui, como em toda a parte» do Campos posterior, o artista, residente nos Estados Unidos há vinte anos, procurou captar os ângulos da cidade que tocariam o poeta-engenheiro naval, caso ele andasse por Lisboa neste início do século XXI.




Visite, também, o blogue http://mundopessoa.blogs.sapo.pt/.

Sem comentários: