Faça dinheiro sem esforço

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Telefona se precisares de mim, de Raymond Carver

endereço da imagem aqui

Hoje, trago-vos uma pequena descoberta, para mim é claro, mas para quem já conhece saberá que se trata de um grande escritor de há muito. Há pouco tempo, tive o prazer de descobrir um escritor através de um dos seus livros que se encontrava numa das livrarias na região. Comecei, como é hábito, por ler a sinopse deste livro e assim fiquei curioso em continuar a sua leitura.

Raymond Carver:

Nasceu em Clatskanie, Oregon e cresceu em Yakima, Washington. Carver estudou com o escritor e teórico John Gardner na Chico State College em Chico, Califórnia. Publicou um grande número de contos em diversos periódicos, incluindo The New Yorker e Esquire, contos que mais tarde foram reunidos em livros. As suas histórias têm sido publicadas nas mais importantes colecções norte-americanas, como, por exemplo, Best American Short Stories e O. Henry Prize Stories.

A escrita de Carver é normalmente associada ao minimalismo. O seu editor na Esquire, Gordon Lish, foi fundamental neste processo. Por exemplo, quando Gardner aconselhava Carver a usar 15 palavras ao invés de 25, Lish aconselhava Carver a usar 5 no lugar de 15. Durante este tempo, Carver também submeteu os seus poemas a James Dickey, então editor de poesia da Esquire.

Carver morreu em Port Angeles, Washington, aos 50 anos, vítima de um cancro.

Aconselho vivamente a leitura dos contos de Raymond Carver. Para quem não conhece, será uma surpresa agradável.

Obs.: a capa aqui ilustrada refere-se à publicação feita pela editorial Teorema, colecção estórias.

Sem comentários: