Faça dinheiro sem esforço

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Números especiais - parte 2

Mais alguns aspectos sobre números considerados especiais (do ponto de vista matemático, e talvez não só).

"
Números «negativos» são menores que zero (como as temperaturas de um dia muito frio), e são representados com um «sinal de menos». São indispensáveis, mas têm os seus próprios paradoxos, como na regra (-1) x (-1) = +1."

Paradoxo para mim, é quando alguém é incapaz de ser coerente e contradiz-se a toda a hora. [aparte d'o Dizedor]

"
«Fracções» ou «números racionais» são quantidades que podem exprimir-se como o quociente de dois números inteiros, por exemplo 2/3 [leia-se dois terços]. São necessários para calcular, mas não podem usar-se para contar (não há fracção «unidade», nem um «sucessor», como 5 a seguir a 4). Daí ter demorado muito tempo para eles serem aceites como números. Além disso, tem a sua aritmética especial própria, o que não é muito fácil de compreender."

"
Números irracionais são números que não podem exprimir-se como quociente de dois números inteiros. Um exemplo importante é:
, produzido por operações geométricas. É o comprimento da «hipotenusa» de um triângulo com um ângulo recto e lados iguais com o comprimento de uma unidade. Esses números chamam-se «irracionais»."

in SARDAR, Ziauddin et al, Matemática para principiantes, Publicações Dom Quixote, 1ª edição, 2000

Sem comentários: